sábado, 28 de fevereiro de 2009

Hoje vou!

Adorável Criatura hoje na Casa Amarela em Beja às 22h

Adorável Criatura, estreou quinta-feira (26) na Casa Amarela em Beja, hoje se arranjar uma "criatura" adoravel que queira ir comingo vou!

imagem da net

A patir de textos de Thomas Bernhard e Vicente Sanches Adorável Criatura "... expõe a vida de uma mulher que tudo sacrifica às suas estratégias de sobrevivência, na demarcação de um território que reclama para si..."

" ... numa ala de um hospital psiquiátrico, ei-la que se nos apresenta tão lúcida quanto irracional - instalando a dúvida sobre as fronteiras entre os comportamentos que oscilam entre a máscara do socialmente aceite e mesmo, padronizado, e a bizarria da sua singular perversidade."

CASA AMARELA, Beja
26 27 28 Fevereiro
5 6 7 Março
22h00
adenda: fui, vi e ouvi a ADORÁVEL CRIATURA, mas não me saiem da cabeça as palvras
"... nunca menosprezem o poder de persuasão de uma mulher..." na voz desta Adorável Criatura.

sábado, 21 de fevereiro de 2009

Óscares2009

Esta noite é noitada de Oscares.
os nomeados são:


A minha aposta para os Oscares 2009 está assinalado a negrito.


Melhor Filme/Melhor Realizador
Melhor Filme:
- O Estranho Caso de Benjamin Button
- Frost/Nixon
- Milk
- O Leitor
- Quem Quer Ser Bilionário

Melhor realizador:
- Danny Boyle
- David Fincher
- Ron Howard
- Gus Van Sant
- Stephen Daldry

Melhor Actor:
- Richard Jenkins
- Frank Langella
- Mickey Rourke
- Sean Penn
- Brad Pitt

Melhor Actriz:

- Anne Hathaway
- Angelina Jolie
- Melissa Leo
- Meryl Streep
- Kate Winslet

Ao visitantes deste espaço, solicito que registem a sua opinião sobre a atribuição dos óscares 2009

uma vitória

imagem da net

... com tanta crise, tentando encontrar dia após dia estratégias de sobrevivência, hoje, o meu Sporting deu-me um presente, aliás, brindou-me com uma vitória!

Espero que esta seja a primeira de uma série de vitórias desejadas e merecidas, bejadehoje merece!

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

O horror do vazio...


Mário Crespo, em artigo de opinião públicado no JN de hoje, que aqui transcrevo,

"Depois de em Outubro ter morto o casamento gay no parlamento, José Sócrates, secretário-geral do Partido Socialista, assume-se como porta-estandarte de uma parada de costumes onde quer arregimentar todo o partido.
Almeida Santos, o presidente do PS, coloca-se ao seu lado e propõe que se discuta ao mesmo tempo a eutanásia. Duas propostas que em comum têm a ausência de vida. A união desejada por Sócrates, por muitas voltas que se lhe dê, é biologicamente estéril. A eutanásia preconizada por Almeida Santos é uma proposta de morte. No meio das ideias dos mais altos responsáveis do Partido Socialista fica o vazio absoluto, fica "a morte do sentido de tudo" dos Niilistas de Nitezsche. A discussão entre uma unidade matrimonial que não contempla a continuidade da vida e uma prática de morte, é um enunciar de vários nadas descritos entre um casamento amputado da sua consequência natural e o fim opcional da vida legalmente encomendado. Sócrates e Santos não querem discutir meios de cuidar da vida (que era o que se impunha nesta crise). Propõem a ausência de vida num lado e processos de acabar com ela noutro. Assustador, este Mundo politicamente correcto, mas vazio de existência, que o presidente e o secretário-geral do Partido Socialista querem pôr à consideração de Portugal. Um sombrio universo em que se destrói a identidade específica do único mecanismo na sociedade organizada que protege a procriação, e se institui a legalidade da destruição da vida. O resultado das duas dinâmicas, um "casamento" nunca reprodutivo e o facilitismo da morte-na-hora, é o fim absoluto que começa por negar a possibilidade de existência e acaba recusando a continuação da existência. Que soturno pesadelo este com que Almeida Santos e José Sócrates sonham onde não se nasce e se legisla para morrer. Já escrevi nesta coluna que a ampliação do casamento às uniões homossexuais é um conceito que se vai anulando à medida que se discute porque cai nas suas incongruências e paradoxos. O casamento é o mais milenar dos institutos, concebido e defendido em todas as sociedades para ter os dois géneros da espécie em presença (até Francisco Louçã na sua bucólica metáfora congressional falou do "casal" de coelhinhos como a entidade capaz de se reproduzir). E saiu-lhe isso (contrariando a retórica partidária) porque é um facto insofismável que o casamento é o mecanismo continuador das sociedades e só pode ser encarado como tal com a presença dos dois géneros da espécie. Sem isso não faz sentido. Tudo o mais pode ser devidamente contratualizado para dar todos os garantismos necessários e justos a outros tipos de uniões que não podem ser um "casamento" porque não são o "acasalamento" tão apropriadamente descrito por Louçã. E claro que há ainda o gritante oportunismo político destas opções pelo "liberalismo moral" como lhe chamou Medina Carreira no seu Dever da Verdade. São, como ele disse, a escapatória tradicional quando se constata o "fracasso político-económico" do regime. O regime que Sócrates e Almeida Santos protagonizam chegou a essa fase. Discutem a morte e a ausência da vida por serem incapazes de cuidar dos vivos. "

Será que Mário Crespo terá recibido outro telefonema de um minstro qualquer ou até mesmo do próprio José Sócrates?
Talvez não, porque os politicos do rectângulo sabem que ainda existe jornalismo sério e isento... que não se deixam intimidar.
Aqui, no burgo, deseja-se respirar o ar da mudança, mas como o jornalismo burgal ou encarneirado continuam fiel ao seu pastor...
Veremos se se muda para continuar tudo na mesma ou se se munda para uma verdadeira mudança!


sábado, 14 de fevereiro de 2009

precisa-se de Beja incubadora!

imagem da net

"Fala-se muitas vezes em incubadoras de empresas, mas fala-se poucas vezes de incubadoras de projectos culturais", disse Cavaco Silva ontem no convento da saudação em Montemor, em Beja, escancara-se as portas ao negócio da china, não do papel, mas sim ao comércio de produtos de qualidade duvidosa e assim de baixo valor.
Em bejadehoje os projectos culturais ou são municipais, ou de funcionários municipais ou de iniciativa partidária... mesma assim, ainda me recordo do Dr. Francisco Santos numa visita à Beja Alternativa muito interessado e preocupado com a continuidade do projecto, um camarada meu, na altura Vereador, até me disse, isto (Beja Alternaitva) estava em risco de não se realizar no ano seguinte... Porguntei porquê? Respondeu-me: - Então, se os outros ganharem as eleições... Ingenuamente disse-lhe: pois é, é verdade...

Afinal os outros não venceram as elições, as mesmas foram mesmo ganhas quase que com maioria absoluta pelos meus camaradas e no entanto a Beja Alternativa não se realizou no ano seguinte e nos seguintes anos... enfim, camaradas que enganam muito bem!

Beja que tem todas as condições para ser a cidade das artes, da cultura, do património e de ingredientes nutritivos para que seja encubadora de projectos culturais, para isso é fundamental a existência de uma verdadeira vontade politica, da direita ou da esquerda...
Para quando uma Beja incubadora de projectos culturais, capaz de criar condições favoráveis para o crecimento, manutenção de desenvolvimento dos actuais e novos projectos culturais?...

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

O curioso caso de Benjamin Button


... se ganhar o Óscar de Melhor filme é bem atrinuido.

Beja vai mesmo ter candidatura independente!

imágem da net

Ao que hoje fiquei a saber, Beja vai mesmo ter uma candidatura independente à presidência da CMB, o candidato, aliás é candidata fartou-se da manupulação politico-partidária, fartou-se dos encarneirados da direita e da esquerda e vai mesmo avançar...

É um sinal de que bejadehoje vai mesmo mudar, espera-se!...
Compete ao comum do eleitor decidir e votar, se quer continuar por um caminho dúbio, manupulado, ao sabor dos interesses da politica partidária ou se escolhe um caminho directo, honesto, justo, abrangente e de unidade para promover e projectar esta cidade... a nossa!

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Esta gente que nos governa...

No editorial do Alentejo Popular http://www.alentejopopular.pt/pagina.asp?id=1132 uma excelente analise da realidade a nivel nacional... (PSD, Ferriera Leite, Santos Silva, PS, Manuel Alegre...) faltou, na minha modesta opinião uma análise ao local, ao governo que está aqui tão próximo de nós, a instrumentalização da CMB e dos seus recurso em campanha politica para elições que se aproximam...

enfim, melhores dias virão e que o sol quando nasça que nasça para todos!
... esta gente que nos governa!

terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

é preciso ser preciso!

Serfs et vilains au bois
Aos microfones da RR http://tsf.sapo.pt/PaginaInicial/Portugal/Interior.aspx?content_id=1141434, O ex-PR Ramalho Eanes, critica a sociedade civil, apelou aos politicos para que "digam sempre a verdade aos portugueses...", alerta-nos para a necessidade de "mudanças profundas e de uma sociedade mais unida".

Ramalho Eanes afirma "... só conhecendo a verdade se pode fortalecer a opinião pública e acabar com um clima de medo..." e critica ainda a "impavidez politica dos governos".

Oiço as palavras de Ramalho Eanes e... permanecem presentes na minha cabeça do actual Presidente da Republica, Cavaco Silva, "...neste nomento de crise... todos precisamos de todos e mesmo assim ainda somos poucos..."

Séra que a real consciência dos problemas dos portugues está apenas no ex e actual presidente da República? será que o governo, a assembleia da republica, o poder local, os partidos politicos apenas sabem cantar? - quem canta seus males espanta...

- É preciso saber ouvir... trabalhar com todos, escolher os melhores independentemente da cor...

- É preciso que sincronizar relógios, traçar e seguir caminhos para atingir objectivos comuns...

É preciso que bejadehoje deixe de morrer a cada dia que passa, é preciso uma sociedade civil activa e participativa, é preciso, ser preciso!

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Austrália

Elenco: Nicole Kidman, Hugh Jackman, David Wenham, Bryan Brown, Jack Thompson.
Direção: Baz Luhrmann
Gênero: Romance/Aventura
Duração: 166 min.
Distribuidora: Fox Film
Estreia: 23 de Janeiro de 2009
Sinopse: Um épico romântico de ação e aventura, que se passa na Austrália no período pré-Segunda Guerra Mundial, o filme conta a história de uma aristocrata inglesa (NICOLE KIDMAN) que viaja a esse continente longínquo, onde conhece um australiano rude (HUGH JACKMAN).



... Não tenho palavras para descrever o filme... apenas o desejo de repetir o ensejo!

façamos de conta...

Mario Crespo em artigo de opinião http://jn.sapo.pt/Opiniao/default.aspx?opiniao=M%E1rio%20Crespo tranquilizarmos "está tudo bem..." a clareza dos factos que todos teiam em ocultar...

COM DIREITO À MORTE!

Eluana Englaro_foto da net
... Eluana morreu hoje às 19h10m segundo noticia em: http://tvnet.sapo.pt/noticias/detalhes.php?id=39758.
A dignidade do ser humano a cima de tudo!

domingo, 8 de fevereiro de 2009

DÚVIDA

Sinopse:

1964, Escola de St. Nicholas, Bronx. Um animado e carismático sacerdote, o padre Flynn (Philip Seymour Hoffman) está a tentar acabar com os austeros uniformes escolares que são defendidos ferozmente, há já muito tempo, pela irmã Aloysius Beauvier (Meryl Streep), a directora com mão de ferro que acredita no poder do medo e da disciplina. Os ventos da mudança política estendem-se pela comunidade e a escola acaba de aceitar o seu primeiro estudante negro, Donald Miller (Joseph Foster). Mas quando a irmã James (Amy Adams), uma inocente optimista, partilha com a irmã Aloysius a sua suspeita de que o padre Flynn presta demasiada atenção a Donald, a directora enceta uma cruzada pessoal para descobrir a verdade e expurgar Flynn da escola. Sem nenhuma prova para além da sua certeza moral, a irmã Aloysius vai entrar numa batalha de força com o padre Flynn que vai dividir a comunidade com consequências irrevogáveis.

Pontos fortes:

Sobre o filme destaco dois pontos muito fortes: o excelente argumento a excelente interpretação dos interpretes.

Ponto fracos:

Após 1h45m de filme, o filme acaba e parece que é o intervalo... termina mal, esperava-se mais, mais drama ao drama? ou simplesmente estará para breve Dúvida II ?

Site Oficial: Dúvida







ainda não há data prevista para a chegada do filme DÚVIDA ao burgo... por outro lado, aqui no burgo a duvida mantêm-se em saber se a ortodoxia retrógrada e com maquiavelismos continua em puros jogos mesquinhos de politica-partidária... bejadehoje deseja o derrube dos alicerces austeros, retrógrados... e forças de bloqueio a um verdadeiro desenvolvimento da cidade e da região onde todos precisados de todos e mesmo assim ainda somos poucos...

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

é mesmo...

imagem da net

Frncisco Santos, segundo serviço noticioso em http://www.vozdaplanicie.pt/index.php?q=C/NEWSSHOW/26134 irá formalizar recandidatura à presidência da CMB.
Em 2005 acreditei que seria uma boa aposta... mas estiveva enganado!
Em 2009 não cometeri o mesmo erro! O meu voto será independente...

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

afastamento progressivo...


fonte: www.expresso.pt

Segundo eurosondagem para EXPRESSO, SIC e RR divulgada em

http://clix.expresso.pt/bipartidarismo_perde_para_a_esquerda=f496226 Os partidos do poder perdem votos...

... em Beja, o partido do poder ainda nem sequer apresentou (isto é se é que ainda vai apresentar) o candidato à Presidência da CMB, o actual edil não sabe se tem "fumo branco" nem mesmo sabe se quer ser o que tem sido ou se segue silenciosamente o camarada de Sines.
Verifica-se um afastamento progressivo dos resultados optitos em 2005... será que BEJADEHOJE segue a tendência nacional ou prefere enterrar a cabeça na areia como a avestruz...

domingo, 1 de fevereiro de 2009

a telenovela do gajo...


imagem da net

... mais um artigo de opinião de Ferreira Fernandes no DN em http://dn.sapo.pt/2009/02/01/opiniao/o_gajo_esta_mesmo_metido_esta.html.

FF no seu artigo de opinião termina alertando-nos que não podemos continuar mais tempo com esta telenovela... em Beja, a telenovela é a da manipulação politico-partidária, onde os presidentes de Câmaras eleitos pelo povo não vão representar o mesmo povo nas cerimónias oficiais de assinaturas de contratos e da consumação de projectos estruturais para o desenvolvimento de Beja e da Região Alentejo...

Beja, tal como o pais precisa de outra telenovela... ou se tal não for possivel, que seja nenhuma, porque está está velha, caduca e cheché... tal como as estruturas partidárias que limitam e condicionam o trabalho e a real defesa dos interesses dos cidadãos...